Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2019
Imagem
Preparing the fieldwork

Sidh Losa Mendiratta & Fernando Velho
Project: "Old Goa - Searching for the lost city."




Sidh Losa Mendiratta é nosso bolseiro de curta duração num projeto intitulado " Old Goa - Searching for the lost city", que se insere num trabalho continuado de investigação e documentação rigorosa que desenvolve há 15 anos sobre o Património de Influência Portuguesa na Índia. Sidh desenvolveu uma tese de doutoramento sobre o tema "Dispositivos do Sistema Defensivo da Província do Norte do Estado da Índia, 1521 - 1739" e desenvolve presentemente um trabalho de pós-doutoramento intitulado "Framing Identity: Architecture and cityspaces of Mumbai's catholic communities" . O investigador descreve-nos abaixo o trabalho que irá desenvolve no próximo mês de Fevereiro em Goa.


The abandoned city of Old Goa was once the Christian missionary capital of Asia, besides being the capital of the Estado da Índia. Mirroring the empire's wanes …
Imagem
TRÊS EMBAIXADAS EUROPEIAS À CHINA
Exposição
Até 21 de Abril de 2019

Comissário Jorge dos Santos Alves


A exposição Três Embaixadas Europeias à China possui como tema central a história dos contactos político-diplomáticos entre a Europa e a China ao longo de cinco séculos (de meados do século XIII a meados do século XVIII). Essa história teve múltiplos ciclos, avanços e recuos, entendimentos e rupturas, mas teve como constante o protagonismo de vários portugueses. Protagonistas que representavam o Estado português, outros estados europeus, o Papado, ou a cidade de Macau. São três destes protagonistas, Frei Lourenço de Portugal, Tomé Pires e Francisco Pacheco de Sampaio, que escolhemos para ilustrar a temática central da exposição. É em torno destes três protagonistas que se estrutura a exposição, por isso dividida em três núcleos.


Mais informações sobre a exposição em http://www.museudooriente.pt/3372/tres-embaixadas-europeias-a-china.htm#.XEb3seRCdes

Esta exposição comissariada por Jorge dos…
Imagem
Célia Reis - investigadora e ex-bolseira defendeu recentemente a sua tese de Doutoramento

Célia Reis, foi nossa bolseira em 1999-2002 e teve então a orientação científica do professor doutor A. H. de Oliveira Marques. Para além desta bolsa de estudo, Célia Reis participou no projecto coordenado pelo Prof. A.H. de Oliveira Marques no 4.ºvol. da História dos Portugueses no Extremo Oriente.
A primeira Bolsa de Investigação que a Fundação Oriente lhe concedeu, resultou na publicação do livro O Padroado Português no Extremo Oriente na Primeira República (Livros Horizonte, 2007), que existe no nosso Centro de Documentação para consulta. Nele se considera o desenrolar de aspectos da política religiosa do país durante a 1ª República, onde se inscreveram a evolução de Macau e Timor e as questões relacionadas com o Padroado, particularmente na diocese de Macau.




Tendo continuado como  investigadora é com muito prazer que anunciamos que no passado dia 17 de dezembro de 2018, a investigadora defende…
Imagem
João Almeida e Silva
SOU FUJIMOTO
FUTURO DOMÉSTICO PRIMITIVO
Inauguração | 21 Fevereiro | 18.30
Até 26 Maio

Imagem
Study and preservation - Shared Heritage of Portuguese Origin Conference 18 de Janeiro de 2019 Goa
Terá lugar no próximo dia 18 de Janeiro, na delegação da Fundação Oriente em Goa, a referida conferência que conta com a participação da nossa ex-bolseira Mónica Esteves Reis, que desenvolveu com o nosso apoio um projeto de investigação intitulado "Plano de preservação do património histórico e artístico da arquidiocese de Goa" durante os anos de 2016 a 2018, e da bolseira de curta duração Teresa Teves Reis, que irá fazer durante o ano de 2019 uma visita de estudo a Goa, no âmbito do projeto "Fortuna histórica dos retratos dos Vice-Reis e Governadores do Estado da Índia". Esta conferência conta ainda com outros conferencistas conforme cartaz.


Imagem
GRAÇA GUISE - testemunho de ex-bolseira

Apresentamos o ultimo testemunho de uma ex-bolseira que foi lido no encontro do passado dia 23 de Novembro. Este testemunho é um bom exemplo da portas que se podem abrir através da atribuição de uma bolsa de estudo, neste caso concreto de Línguas e Culturas Orientais - Mandarim.
Graça Guise, estudou Relações Internacionais na Universidade do Minho, ao mesmo tempo que frequentava o curso livre de Língua chinesa da mesma Universidade.
Rumou para Pequim em 1997, onde foi bolseira da Fundação Oriente e onde acabou por completar outra licenciatura em Língua Chinesa.
Desde 2000, reside em Macau, foi repórter da Rádio Macau e, desde 2002, ingressou no departamento de Comunicação e Relações Externas da Direção dos Serviços de Turismo do Governo da Região Administrativa Especial de Macau. Vive em Macau com a sua família.



Esta proposta da Fundação Oriente para fazermos um balanço em conjunto do programa de bolsas faz-me ver que nunca agradeci verdadeiramente …
Imagem
Workshop de construção de livro chinês - Zhen Xian Bao
Susana Neves, foi nossa bolseira de Investigação durante 12 meses, até ao passado mês de Novembro. Durante este período realizou um projecto intitulado "O contributo da arte da estampa japoneses (ukiyo-e) na introdução, disseminação e culto da flora nipónica no Ocidente" Ao mesmo tempo Susana Neves tem vindo a realizar com o Museu do Oriente um workshop de construção de livro chinês, que já vai na sua 5ª e 6ª edição nos próximos dias 19 de Janeiro e 16 de Fevereiro. 
 Susana Neves é autora de O sopro/The blow – flip book, publicado em 2016, bem como de livros de artista, com contos, desenhos, pop-ups, recortes e origami da série Biblioteca do Pirata Francis Gould. A par das exposições de desenho, pintura e fotografia,tem desenvolvido um trabalho pioneiro a nível da educação artística e ambiental em contexto museológico, dirigida a adultos e crianças. 



vejam o filme deste objeto

Sábado | 19 Janeiro - ESGOTADO
Nova data | 16 Fev…