Mensagens

Himanshu

Imagem
Himanshu Jindal
Bolseiro de Língua e Cultura Portuguesa, que esteve durante este ano lectivo atípico em Portugal. O bolseiro regressou recentemente à Índia, dadas as dificuldades em viajar que existem, neste momento, para fora do espaço europeu. Este estudante frequentou o nível intermédio e avançado e obteve excelentes classificações. Estes relatos mostram-nos quão importante são estas bolsas na vida dos nossos bolseiros.  Parabéns Himanshu pelo teu testemunho.
Foi depois de terminar o mestrado de cultura e literatura portuguesas da Universidade de Goa, na Índia quando me foi concedida, em Junho 2019, uma bolsa pela Fundação Oriente para frequentar o curso anual de Língua e Cultura Portuguesas, na Universidade de Coimbra durante o ano letivo 2019-20. Vim para Portugal, em Setembro 2019, com muitos planos, sobretudo, de melhorar o meu conhecimento da língua portuguesa e para ter novas experiências de vida. Como Portugal é um país muito diferente da Índia, gostei de quase todas as coisas…
Imagem
Histórias de uma bolseira num ano lectivo atípico - MA THI HA  
Ma Thi Ha, veio do Vietname, em Outubro de 2019 para frequentar uma curso de Língua e Cultura Portuguesas, na Universidade de Coimbra, conta-nos agora a sua experiência. Apesar de ter sido um ano atípico pelas circunstâncias que todos vivemos, a bolseira ajuda-nos  a olhar a situação de um ponto de vista positivo. Estas bolsas de estudo significam tanto na vida de cada um dos seus beneficiários, mas significam também, que ao longo dos anos a Fundação Oriente, vai contribuindo aos poucos, sem se dar por isso, para que a nossa língua tenha maior expressão em vários países do Oriente.  A propósito disto, recordo uma história, no início do ano lectivo, de outra bolseira, proveniente da Tailândia, quando  aqui chegou e teve a primeira reunião na Fundação, contava-nos que a sua professora de Língua Portuguesa, na Universidade de Chulalongkorn,  tinha sido nossa bolseira há alguns anos. Assim se constrói e se desenvolve uma língu…