Alexandre Lebel
doutoramento sobre o crioulo de Macau

Alexandre Lebel, de origem macaense, é bolseiro da Fundação Oriente desde Outubro de 2018, estando a realizar um doutoramento intitulado "Gramatical Typology of Macau Creole Portuguese". O investigador desenvolve a sua tese de Doutoramento na Universidade de São José em Macau, sob a orientação do Professor Alan Norman Baxter . No âmbito deste trabalho, o investigador publicou recentemente um artigo com o titulo "Sete Maneiras de dizer ´não`: o sistema de negação em Português Crioulo de Macau".
Este artigo foi publicado na Revista PAPIA, revista brasileira de Estudo do Contato Linguístico 28(2), p 157-200, Julho/Dezembro 2018 - http://revistas.fflch.usp.br/papia/article/view/157-200





O resumo do artigo:

A formação do Português Crioulo de Macau (MCP) é atribuída a falantes do Papia Kristang. No entanto, o contato com os dialetos chineses Yue e Min e as variedades crioulas indo-portuguesas e a descreolização sob pressão do português padrão alteraram de maneira significativa a gramática do MCP. O sistema de negação no MCP reteve elementos do Kristang, mas foram introduzidos itens novos enquanto outros foram substituídos ou eliminados. Este  estudo descreve os diferentes usos da negação em línguas crioulas de base portuguesa na Ásia e em seus substratos respectivos. A análise de documentos históricos e contemporâneos escritos em MCP  permite - nos identificar a fonte dos marcadores de negação em MCP. Identificamos sete marcadores negativos no MCP. 




Imagem do palco da peça Doci Papia di Macau que foi representada no Centro Cultural de Macau, durante o 29 Festival de Artes de Macau em Maio passado

Comentários

Mensagens populares deste blogue